Notícias

 

Greve dos trabalhadores da empresa Rogério Gallina (Gws Limpeza)
Na manhã do dia 12 de Maio (Segunda), os trabalhadores da empresa Rogério Gallina (Gws Limpeza), do Hospital Regional em Francisco Beltrão Drº Walter Alberto Pecoits, entraram em greve por falta de pagamento de dois meses de salário, junto com vale alimentação e vale transporte. A empresa recebe os recursos do Governo do Estado, que estaria com atraso no recebimento desde janeiro. O presidente da entidade Valdir Gonçalves afirma que na tarde de Segunda recebeu informações do Banco do Brasil que houve o depósito de 424 Mil na conta da empresa, e que seria depositado na conta dos trabalhadores o quanto antes. "Deixando claro que a nossa greve é por tempo indeterminado, só encerraremos a mesma, quando todos os trabalhadores tenham recebido todos os seus direitos", disse Valdir Gonçalves. Na tarde de 13 de Maio (terça) o pagamento aos trabalhadores foi efetuado, 100% dos trabalhadores receberam seus salários atrasados, vale alimentação, vale transporte e juntamente com às férias daqueles que haviam tirado, mas não haviam recebido. E a partir de hoje as atividades dos trabalhadores terceirizados do Regional voltaram ao normal, ressaltando que durante a greve os setores essenciais não pararam, com isso não prejudicou o andamento do Hospital, respeitando a lei da greve que diz, que precisa haver um número de trabalhadores para manter os serviços, no nosso caso 30% dos trabalhadores permaneceram trabalhando nesses setores.